Declínio moral?

cunha ass de deus

Não pense que a postagem visa defender a presidenta Dilma Rousseff ou denegrir a imagem de quem quer que seja, pois já deixei claro que quanto a partidos não tenho nenhum para defender. Trata-se de um simples alerta e pensamento reflexivo.

Respeito os evangélicos e não poderia ser diferente, até mesmo porque sou de família evangélica, apesar de que essa não é a principal causa, pois respeito as pessoas independentemente de suas crenças, religiões ou posicionamento político. Na verdade a intenção da postagem é trazer um pensamento reflexivo, chamar as pessoas à consciência.

É triste e ao mesmo tempo revoltante, ver uma classe que há algum tempo era tida como uma classe de respeito quase que absoluto se emaranhar no meio político e ter fortes envolvimentos  com corruptos e/ou na própria corrupção. Grandes líderes religiosos defendendo Eduardo Cunha é realmente revoltante. Não bastasse isso, políticos evangélicos, inclusive sacerdotes, cada vez mais envolvidos em esquemas de corrupção.

Não são acusações, são fatos. Veja abaixo vídeos onde o pastor Silas Malafaia e o missionário R.R. Soares elogiam atuação de Cunha. Sim, atuação do deputado que tem contas bilionárias na Suíça. Porém, os elogios não são sem causa. Sempre há interesses e isso é o que realmente me preocupa. Ele recebe elogios e apoio pelo fato de favorecer as igrejas evangélicas, ou seja, não importa o quão corrupto ele possa ser, desde que favoreça o crescimento das igrejas evangélicas, está tudo bem? Para um segmento que cultiva a Bíblia como um livro sagrado, devo dizer que que se a resposta para pergunta for sim, estamos vendo uma total contradição.

Mais uma pergunta: Até onde vai a vontade desenfreada das instituições religiosas em disputar poder e território junto aos corruptos? Será que vale a pena se sujar sob pretexto de estar fazendo um bem para o evangelho? Até quando os evangélicos serão vistos como farinha do mesmo saco? É amigos, os evangélicos tem perdido a cada dia que passa a credibilidade por “n” motivos e um deles é o envolvimento frenético com a política.

Na condição de cidadãos todos têm o direito de manifestar sua vontade e colocar seus representantes no poder. Mas será que tais representantes não estão se associando demais à corrupção? Líderes religiosos defendendo corruptos de forma tão prazerosa não seria um declínio moral? Parlamentares evangélicos, inclusive pastores, envolvidos em corrupção, não seria claramente um declínio moral?

Acorda Brasil! Não deixe seu posicionamento religioso ou filosófico tapar sua visão.

Se hoje posso falar tais coisas, é porque há dois anos atrás tomei a decisão de ser livre. Claro que isso tem um preço. Quem estaria disposto a pagar?

 

About Jesusmar
Estudante de Sistemas de Informação. Blogueiro de paixão, atuante em pelo menos 3 blogs. Adoro escrever. Fale comigo: contato@jesusmar.com.br

No Comments, Be The First!

Your email address will not be published.