Opinião, Política

Futebol X Política?

Sim, eu gosto de futebol e não, não estou satisfeito com o cenário econômico, social e político (partidário) do Brasil. Muita gente bate na tecla de que estamos preocupados com o futebol e esquecendo da situação caótica em que se encontra o nosso país e isso não é necessariamente verdade.

De acordo com o site ESPN, o instituto Ipsos em julho de 2017 apontou que 40% dos brasileiros tem interesse em futebol. Foram 42,8 milhões de entrevistados. A revista “retratos” do IBGE de agosto de 2017, trouxe como tema de sua capa e conteúdo “Futebol é paixão nacional”, onde o esporte foi apontado como o mais praticado no Brasil, sinônimo de lazer e diversão.

revista_retratos_n2

Os dados anteriormente mostrados, na minha concepção, reforça que o futebol é uma forma de descontração e diversão do brasileiro, e porque não dizer que faz parte da cutura do país?

Agora, opinião minha, não dá pra julgar se estou preocupado ou não com o cenário do país, só porque eu gosto ou não de copa do mundo ou se eu torço ou não pela seleção brasileira ou outro país de futebol. Particularmente já protestei contra a situação atual do país, já me manifestei nas redes sociais e nas ruas contra as perdas de direitos trabalhistas, por exemplo, e contra a reforma da previdência. Participo ativamente de greves trabalhistas e sempre me posiciono contra toda a patifaria político-partidária. Torço para o Flamengo e pela seleção brasileira.

A política do “pão e circo” sempre foi forte no Brasil, então não dá para jogar tudo na conta somente hoje. Porém, atualmente temos a internet, as redes sociais e meios de comunicações poderosos e acessíveis para que possamos nos “antenar” no que acontece com o nosso país e não somente os canais de comunicação em massa (televisão, rádio, revistas, jornais e etc.). Cabe a cada um, portanto, fazer seu dever, sua tarefa de buscar o conhecimento e informações.

Infelizmente nem todos ainda podem acessar informações fora das que são reproduzidas pelas mídias de massa, então, aconselho que aqueles que tem as informações compartilharem com as demais pessoas. Ao invés de ficar somente culpando os meios de comunicação, que se movam para conscientizar seus amigos, vizinhos, parentes e a comunidade em geral.

Uma coisa é eu gostar de futebol, outra coisa é eu não ligar para a conjuntura do país. Vamos colocar cada coisa no seu devido lugar. Claro que futebol envolve dinheiro, marketing e uma séries de coisas (esse não é o objetivo da postagem), porém, é um esporte que já está enraizado como cultura do povo brasileiro.

Goste de futebol, goste de novela, goste de séries, goste de esportes em geral ou tenha outros gostos, só não esqueça de estar ligado no que acontece ao seu redor, no seu país.

Procure buscar mais consciência política, porém, não culpe o futebol pelos desmandos no Brasil, porque a culpa não é, pelo menos não é só do futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *