Reforma social e política já!

adeptox

O circo pega fogo e cada um escolhe o seu lado da corda para puxar no “cabo de guerra”. Será que se todos se unissem de um só lado, o lado da justiça social, o lado do Brasil, o lado da equidade, nossa situação não estaria diferente? Porém, continuamos a fazer mais do mesmo e como diz uma citação atribuída a Albert Einstein: “Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”.

O que precisamos é de uma reforma social e política, principalmente social. Reforma de berço, de modo que nossas crianças aprendam o valor da honestidade, respeito e do amor para com o próximo. Uma reforma que inicie com educação em casa e ensino de qualidade nas escolas. Uma reforma que ensine a pensarmos “fora da caixinha” e entender que escolher um lado partidário é comungar com a mesma briga de sempre e nunca ver avanços significativos e notórios, somente cada partido político buscando o poder para se beneficiar e pisar o povo.

Lembrei nessa manhã da música “Toda forma de poder”, Engenheiros do Hawaii. Se refletirmos verso a verso, perceberemos que ela fala muita coisa do que vivenciamos desde sempre. Não existe partido que ligue para nós cidadãos, existe sim a luta para conquistar ou permanecer no poder.

E o fascismo é fascinante
Deixa a gente ignorante e fascinada
É tão fácil ir adiante e se esquecer
Que a coisa toda tá errada
Eu presto atenção no que eles dizem
Mas eles não dizem nada

A coisa toda está errada! Mas os partidos de direita e os partidos de esquerda querem que pensemos que um ou outro está certo ou errado.

Já passou da hora de assumirmos a nossa condição de cidadãos e mostrarmos que não somos “cachorrinhos” de partido “A” ou “B”. É hora de tomar as rédeas da situação. Mas cadê os pensadores? Cadê os inconformados? Cadê aqueles que não se vendem a ideologias que são nada mais nada menos que condicionamentos mentais?

É triste olhar para o cenário e não ver saída. Na verdade há saída, no entanto, não é uma saída mágica. Temos que investir pesado em cultura, conhecimento e construção de uma sociedade verdadeiramente livre. Não estou falando de anarquia! Estou falando de pessoas que se mobilizem de modo a cobrar a reforma política e não a permanência ou saída de partidos na qual militam.

Acorda Brasil!

Eu presto atenção no que eles dizem
Mas eles não dizem nada (Yeah, yeah)
Fidel e Pinochet tiram sarro de você que não faz nada
(Yeah, yeah)
E eu começo a achar normal que algum boçal
Atire bombas na embaixada
(Yeah yeah, uoh, uoh)

Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo que eu vi
Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer

Toda forma de poder é uma forma de morrer por nada
(Yeah, yeah)
Toda forma de conduta se transforma numa luta armada
(Uoh uoh)

A história se repete
Mas a força deixa a história mal contada

Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer tudo que eu vi
Se tudo passa, talvez você passe por aqui
E me faça esquecer

E o fascismo é fascinante
Deixa a gente ignorante e fascinada
É tão fácil ir adiante e se esquecer
Que a coisa toda tá errada
Eu presto atenção no que eles dizem
Mas eles não dizem nada

About Jesusmar
Estudante de Sistemas de Informação. Blogueiro de paixão, atuante em pelo menos 3 blogs. Adoro escrever. Fale comigo: contato@jesusmar.com.br

No Comments, Be The First!

Your email address will not be published.